Privatizar o DAEM não é a solução
out 2013 25

A falta d’água na cidade de Marília que ocorre principalmente na zona norte, local onde se situam bairros de trabalhadores que sustentam grande parte da indústria e comércio local, não é algo recente e muito menos uma fatalidade que passou a acontecer nos últimos meses. O sofrimento das famílias que habitam essas regiões vem de longa data e ocorre principalmente devido ao descaso dos governantes com os bairros periféricos. É um problema que passou por vários governos sem que nada de efetivo fosse feito e tem se agravado de forma evidente na atual administração.

Leia mais [...]
A tendência do político à podridão
jun 2013 02

O cara se candidata porque quer. Não há concurso para ver quem será candidato. Esse mesmo cara gasta uma fortuna para ser eleito. Compra voto, paga churrasco, cervejada, cesta básica, oferece empregos. Se não eleito, chora e ameaça pedir recontagem de votos por ser sido vítima de fraudes, traições, armação política etc. Se eleito, ufa, “não perdi minha grana investida e agora vou ganhar (leia-se roubar) muito”. Se ele for primário na política, sofre um pouco nos primeiros meses para se adequar à malandragem. Depois de seu batizado, compõem com Deus e o diabo.

Leia mais [...]
Atestado de antecedência – Sérgio Vaz
fev 2012 02

Leia aqui a crônica do Sérgio Vaz.

Leia mais [...]
Receita de Bolo de Massa Podre
dez 2011 16

Há alguns anos, eu fiz um o Bolo com Laranjas, que repercutiu em algumas cozinhas. De lá para cá, com o aparecimento de novos produtos no mercado, acrescentei alguns ingredientes para produzir o Bolo de Massa Podre. A receita é antiga e a base continua a mesma: todos os ingredientes adoram ganhar um dinheiro fácil e o mais fácil deles é o dinheiro público arrecadado através dos impostos a população, cuja imensa maioria detesta o bolo de massa podre e começa a fazer de tudo para barrar sua comercialização.

Leia mais [...]
A corrupção e a hipocrisia
out 2011 21

Combater a corrupção não é fácil. Além de ser um ato difícil de ser investigado, já que se bem feita não deixa recibo, a corrupção é prima-irmã da hipocrisia, palavra que quer dizer fingimento. O político corrupto sempre se protege com a máscara de bom moço, preocupado com os pobres. Se diz respeitoso com o dinheiro público e se finge de homem amável e carinhoso com seus eleitores. É exatamente o contrário.

Leia mais [...]
Página 1 de 212
Copyright © Observatório da Gestão Pública. 2011. All Rights Reserved.