Já combateu a dengue hoje?
fev 2015 16

O ano de 2015 começou um tanto crítico na questão da saúde no município de Marília. A situação em voga é a imensa propagação da Dengue, uma doença transmitida pelo mosquito Aedes Aegypti. A atual epidemia em Marília foi comentada em jornais da grande mídia e vem causando um certo desconforto tanto pela falta de atenção da população como pela negligência da administração municipal.

Leia mais [...]
Retrospectiva 2014 – A gestão de Vinícius Camarinha, Parte II
jan 2015 22

No intuito de entender a atual situação do município e relembrar os acontecimentos relevantes de 2014, o Observatório apresenta uma retrospectiva do ano passado, o segundo da gestão de Vinícius Camarinha.

Leia mais [...]
A dádiva da ignorância
dez 2014 06

Um projeto de autoria do prefeito Vinícius Camarinha causou grande discussão do Legislativo na primeira Sessão Ordinária do mês de Dezembro. O projeto, aprovado contra dois votos, incentivava a criação da Fundação Municipal da Saúde de Marília (Funsaúde). Porém, em meio a uma chamada Economia de Guerra adotada pela própria administração, essa iniciativa não parece tão adequada para alguns vereadores da Câmara de Marília.

Leia mais [...]
O controle financeiro e a “Economia de Guerra”
nov 2014 10

Desde o ano de 2013, a dívida de Marília foi utilizada pela Prefeitura como motivo de aumento de tributos ao contribuinte, de cortes de salários a funcionários públicos municipais e de projetos engavetados. Como sabemos, a dívida não impede que o prefeito cumpra suas promessas de campanha, uma vez que quando assumiu já obtinha conhecimento da situação municipal e, ainda assim, se comprometeu com a população. Além disso, é visível que as medidas tomadas para o controle da dívida não foram as melhores ao longo destes anos de gestão. Neste ano, o assunto foi retomado e suas vertentes vêm sendo as mesmas: a prefeitura adotou uma “economia de guerra” para conter a crise financeira.

Leia mais [...]
Homem, um “animal político”
out 2014 14

O primeiro turno das eleições terminou e podemos fazer um balanço: essas foram as eleições mais caras da história brasileira; o país contou com milhares de casos de propagandas irregulares nas vias públicas; transporte eleitoral irregular; e ainda observamos pesquisas eleitorais errôneas. Mas também foram eleições onde milhares de candidatos e eleitores foram devidamente presos por crimes eleitorais; onde o envolvimento da população serviu para romper com casos de coronelismo (como no Maranhão); houve maior participação popular nas discussões políticas; e pudemos ver casos de derrubada de “reinados” pelo funcionamento da lei da Ficha Limpa.

Leia mais [...]
Página 1 de 3123
Copyright © Observatório da Gestão Pública. 2011. All Rights Reserved.